Só me faz lembrar de nós dois (8)

Ouvindo umas músicas românticas eu me pego pensando em cada romance ou cada cara que eu olhei e pensei: nossa! Agora vai!!!

E acabei encontrando uns desenhos que eu fiz no celular que ilustravam as cenas que eu e Sr. Tall criávamos pra gente, o que faríamos depois do trabalho, aos finais de semana, nos feriados, nos dias de apresentação das crianças.  

Acho que por isso eu ainda não entendi exatamente o que aconteceu. 

Em todo o tempo ele parecia tão certo e tão meu, e tão completo em tudo que eu sempre quis, que quando acabou eu fiquei sem chão. 

E ainda tem aquele vazio não preenchido, porque o motivo do fim eu nunca soube, e duvido que um dia saberei. 

Os desenhos eu vou colar no meu diário. Ficar encontrando com eles pelas minhas coisas não me faz bem. Jogar parte da minha história no lixo não está nas opções. Já pensei muito em mandar pra ele, mas não faria sentido. Não significam pra ele o que significou pra mim. 
Esse aqui eu fiz quando comentávamos o quanto seria legal poder descansarmos juntos. E teria sido. Acho que teríamos sido fantásticos juntos. Mas de que adianta, se ele não pensou assim?

Anúncios

Tutto molto interessante (8′

O estranho caso do cara que não queria nada sério, mas em uma semana já apareceu namorando

 ¯\_(ツ)_/¯

O estranho caso da garota que atrai esse tipo de problema, no caso, eu. 

O cara que não cabe nele 

Conheci esse cara e meus amigos queriam saber o que eu vi nele. E eu não soube explicar. Ele não é o mais bonito, nem o mais alto. E nem tem aqueles olhos maravilhosos. E nada que chame a atenção.

Mas ele tem uma presença e parece um imã, e te puxa pra perto.

Quando cheguei em casa, percebi o que ele tem. Ele não cabe nele mesmo. Tudo nele é energia, os braços  movendo, os gestos pra explicar tudo, o sorriso que não sai do rosto, a maneira de dançar, a alegria e o calor. 

É isso. Ele é maior que ele mesmo, e eu me sinto honrada por ter conhecido um cara assim. 

Pablito

Racha a cara 

Morrendo de vergonha do Reduzido. Comentei com um amigo da faculdade que ele era fofo, legal, simpático e bla bla bla (pq é mesmo) e que queria saber se ele era solteiro. OK. Meu amigo nada discreto no outro dia foi perguntar pessoalmente o estado civil dele, pois ele tinha uma amiga muito a fim mesmo (!!!!!) e mostrou milhas fotos pro cara. HAHAHAHA desespero.

O problema é que eu não sei lidar com isso e acabei vendo o cara nas minhas aulas e nem consegui olhar pra cara dele  (sempre rolou um oi).

Agora ele me acha louca.

Parabéns, Mariana, você está de parabéns.

Happy B-day

Hey hey Into Nothing, I am not sure if it will work, buuuut I have a Bday message for you here.

There’s a key, cause its important just for us. Well, you are not dumb, I am sure you will discover. I will let here some tips:

  1. How you used to call me;
  2. Emoticon you used a lot;
  3. If you still have our wpp chat, go to 14/10/2017, you sent me “Nice haha | Ok … “. You will get what I mean.

 

If  the link dont work, you can search for the post of 13/11/2017. I think it wont work, cause today is 07/11/2017, and I need to have the other posted to link. Probably I will forget hahahah

 

Quando o problema é fofo demais

Você conhece o cara, tudo lindo, maravilhoso. Aí vi sai com ele e percebe que ele pode se resumir a problema. Pessoas normais correm, eu, insisto.

O bonito some do nadaaaa em um belo dia de sol.

Três meses depois, vocês se reencontram. Pessoas normais, correm. Eu, dou corda, saio de novo, beijo de novo, converso de novo,  tomo no c* de novo.

Figurinha repetida não completa álbum.

(Mas valeu a pena)

Dedicado ao mocinho de óculos. 

 

(Este post não reflete a situação atual, encontrei perdido nos rascunhos. Uma pena. Creio ue foi escrito em agosto, mais ou menos)

“I remember you, Lorenzo”

Ontem fui ao Parque das Ruínas, e me lembrei do Hum, o Lorenzo que não é Lorenzo. Lembrei dele porque tirei fotos no lugar que o levei de surpresa e ele adorou. Enfim. 

Dá pra saber porque ele gostou tanto. (:

Entradas Mais Antigas Anteriores