Tem alguém aí? Pdf

Depois que você começa a ler as histórias das irmas Walsh (Claire, Margareth, Rachel, Anna e Hellen) você não quer parar até terminar.

Pois bem, li Melancia  (Claire) um tempinho atrás, quando eu não tinha tanto acesso a Internet e não fazia ideia dose outros. Depois li Férias, que nossasinhora é muito bom. Acaba comigo (bom e mau sentido). Consegui o da Maggie (Los Angeles) e amei também. Consegui baixar o da Hellen (Chá de Sumiço) e o da Mamãe Walsh, o Dicionário. 

Mas eu estava louca atrás do Tem alguem aí. O da Anna. Rodei a net toda, sites, blogs, mandei mil emails, nada. Maaaaas como eu não iria sossegar sem o livro, eu achei!!!!!!

Caso você tenha chegado aqui no mesmo despero que me movia, me manda um email que eu te mando o PDF, ok?

Não vou deixar o link de onde eu achei pq eu abrincadeira tanto link, abri tanta aba, dei tanta volta que nem sei qual o link. Além do mais é um link em Word. Enfim.

Meu email: marianapurodrama@hotmail.com 

Beijos!

Anúncios

Garv

O Garv na verdade é o famoso Paul, marido da Maggie, odiado por toda a família Walsh.

Pois bem. O Garv é mais um dos namorados/maridos dos sonhos dos livros da Marian.

O Paul não é meu predileto porque desbancar o Luke (da Rachel, Férias) é missão impossível. Mas ele é ótimo. Sério. Gosto dele porque ele erra. Ele errou. E ele percebeu e foi atrás e tentou resolver. E eu admiro isso. Não gosto de personagens perfeitos, que nunca erram, mocinhos e heróis que nunca nunca nunca vamos encontrar. Nos livros da Marian não vemos personagens assim, e é um dos motivos porque eu gosto tanto dos livros dela.

Além do Garv, a Maggie também é uma personagem que me atrai. Ela me pareceu confusa no começo do livro, mas depois as coisas vão desenrolando e eu me senti muito culpada de não ter gostado dela. Tem a Emily e a Lara, o Troy…

E obviamente a louca familia Walsh. Vale a pena. Sério.


Caso você não encontre o PDF,  manda um email ou pede aqui que eu mando 🙂

Férias [Livro]

Férias, Marian Keyes. Esse é o livro da Rachel,  toxicomana. Um dos meus livros favoritos. Fofo, engraçado, romântico e mesmo assim com umas partes sérias. Tem também o Luke, um amorzinho.
Edit

1° Wade Buchanan – Ainda existe coragem

2° Luke Costello – Férias

3° Lancelote – As brumas de Avalon

4° Finnick – Jogos Vorazes

Meus favoritos ♡

Cuidado com a burra 

Sempre gostei muito de ler, sempre gostei de estudar, então achava normal passar horas nos livros, lendo de tudo um pouco.

Maaaaas a idade chega, e as responsabilidades também,  nao tinha mais tempo pra livros ‘complexos’, aqueles que precisam de atenção total ou consultas a dicionários.

Fiquei um bom período lendo só romances bobos, histórias mel com acucar, coisa faceis de baixar,  simples de ler no celular, histórias que não precisam de muita atenção, gravou o nome dos personagens, acabou.

Essa semana acabei comprando um livro, que eu já queria fazer tempo mas andava caro pro meu bolso. Acabei conseguindo comprar e meu Deus do céu. Tou me sentindo muito burra mesmo. Demoro horas pra ler míseros capítulos, leio e releio, releio e leio… Tem horas que eu preciso ir procurar sobre algumas coisas senão a leitura não anda.

Tem o fato de ser um assunto novo pra mim, nunca estudei a fundo isso na escola, tou boiando.

Estava (mal) acostumada com leituras rápidas,  dificil focar a atenção.

Só um desabafo mesmo. O livro em questão é esse aqui.

Melancia (Livro)

Super recomendo!
Livro fofo, ótimo pra passar o tempo. Conta a história de Claire, qué é abandonada pelo marido quando nasce a primeira filha deles. Mostra as duvidas, os pensamentos, e como ela resolve levar a vida depois dali.
Se você gosta de livros leves, umas passadas engraçadas e com algumas frases pra reflexao, vai curtir. Aproveita e le também “Férias”. É da mesma autora, e conta a história de uma das irmas da Claire (sao 5 irmas ao todo).

image

Meus casais favoritos

Uma lista dos casais que eu mais gosto, por ordem de lembrança, não de preferência.

Wade Buchanan & Florence Cameron (Ainda existe coragem)

Acho que o título do livro não é esse. Li há tempos atrás, era um desses livrinhos de bolso, que são devorados em um minuto. E esse foi devorado rapidamente. A história do ex presídiario apaixonado pela mocinha, que é casada, e como tudo se desenvolve é muito legal. Não sei se eu gostaria tanto se eu fosse reler hoje, mas é meu casal favorito.

–  Frida & Diego

Grandes artistas mexicanos. Não sei se posso considerar a história deles como ‘de amor’, por tantos altos e baixos. Mas é uma história que me encanta.

Atena & Romero (A regra do jogo)

Como não se apaixonar pela louca que é obcecada pelo anti-herói? As idas e vindas, as reviravoltas, tudo com Ed Sheeran ao fundo. Outro caso que não sei ao certo se posso encaixar nas histórias de amor, não depois de tudo que a Atena passou.

Mariana & Simão (Amor de perdição – não era bem um casal, mas né)

Esses realmente não eram um casal. Simão era apaixonado por outra, Tereza. Nunca viu em Mariana algo além de uma boa amiga. Talvez por isso eu goste tanto. A Mariana também sou eu. Mariana morre. Se joga ao mar. Pra ficar perto dele, quando ele, morto (por doença) é jogado. De uma certa forma, ela está com ele.