U.u

A louca

Então tinha o carinha de óculos. Tudo muito bom, muito lindo. Estávamos conversando, fomos ao cinema. Não tinha filme, fomos lanchar. A hora passou voando. Foi tudo tão legal e tão fofo e tão engraçado, que nem parecia que era primeiro encontro. Parecia que éramos amigos de anos. OK.  Chegada em casa, mensagens. Tudo ok e fluindo. No outro dia, não me responde. Me bloqueia no site, e me exclui do wpp. Qual a porra do problema desse cara????? 

Off topic: E eu deveria ter deixado pra lá, mas já que é um fim, que eu pelo menos fale o que eu quis. Mandei um audio perguntando se isso era realmente necessário. Essa palhaçada. Se ele não podia ter falado a verdade, sei lá. Qualquer coisa.

Aaaaaaaaah

Estava tudo lindo e fofo e maravilhoso. Até o momento em que ele sumiu. Eu já deveria estar acostumada, pq né, todos somem em algum momento, mas eu ainda mantenho a fé. 

Enfim.

Ele sumiu. E eu chorei. Quem me conhece sabe que meu “eu chorei” é tenso. Uma semana inteita. Dormia chorando, e acordava chorando. Pegava o ônibus chorando; passava o dia no trabalho pedindo pra ir ao banheiro pra chorar. Fim do expediente? Otimo; posso chorar no ônibus em paz. Ia dormir chorando e tudo se repetia. 

Agora que eu estou “bem”, ele volta. Qual a porra do problema desses caras?

o mocinho dos correios

Mocinho é forma de falar, pq já era um senhor. Apareceu na loja pedindo que alguém fosse até o carro com ele, porque “ele que não ia ficar rodando o shopping atrás da loja”. Ok.

Assinei o recebimento e percebi que ele estava com dificuldade de ler o nome. Minha letra é bonita. Sério. Filha de professora, anos de caligrafia. Minha letra é legal. E ele começa: “Ma.. ma.. Mariana? ” quando eu aceno que sim, vem a pérola: “Nossa, nome exótico esse seu, hein? Se ainda fosse um Maria, Miriam… mas Mariana, nunca vi!”

E até hoje eu não sei se era louco ou se estava falando sério. 

O fantasma da ex

Me assombra todos os dias. E eu não sei exatamente o motivo. Na verdade eu sei. Eu a imagino linda e educada e inteligente e mil vezes melhor do que eu. 

E eu sei que é bobeira minha porque ele nunca falou nada dela, melhor, nunca falou nada quando não foi perguntado. Porque eu pergunto. Não me aguento. 

Eu não sei o que está acontecendo comigo, serio. Não estamos em disputa. Ela que terminou com ele, ele sofreu, chorou, ok. Nos conhecemos depois, e ele não aparenta saudade ou nada do tipo.

Mas na minha cabeça ela ele vai acabar voltando pra ela.

E eu não aguento mais pensar assim.

Frida de Feltro

Sim, mais uma Frida 🙂

As pequenas confusões 

Ontem eu percebi que as coisas estão indo muito rápido. Sabe quando você pensa que as coisas estão em um nível e na verdade elas estão muito acima? Então. 

Senti mais falta do que deveria de uma mensagem. Fiquei mais feliz do que o normal com uma mensagem inesperada. Me peguei sorrindo ao ver uma foto de um certo alguém sorrindo. 

Ainda estou digerindo isso, ainda acho estranho, queria parar o processo, mas não sei se é possível, se faz sentido.

Se deixo rolar ou corto pela raiz. 

Não sei. 

Sei que agora eu vou olhar a foto sorrindo de novo, pq ela me traz uma paz, uma paz que eu preciso.

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes